Estou ciente de que os dados fornecidos são exclusivamente para cadastro mencionado no formulário. Após finalização, os dados serão armazenados pela Deltec Contabilidade de forma segura, apenas com a finalidade de manter histórico de atividades realizadas e sem hipótese de transmissão a terceiros, conforme Lei nº. 13.709/2018 - Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD)
HÁ MAIS DE 40 ANOS NO MERCADO




Análise de crédito: entenda o que é, como é feita e quanto tempo demora


O que é uma análise de crédito?

Uma análise de crédito é um procedimento padrão nas operações de concessão de crédito.

Sendo assim, consiste em uma espécie de avaliação para entender a capacidade de um cliente de honrar um compromisso financeiro.

Ou seja, o objetivo de uma análise de crédito é reduzir, ao máximo, os riscos de inadimplência, que se trata do não pagamento de uma dívida.

Dessa maneira, a análise de crédito é um processo que encontramos em muitas operações financeiras, como: pedido de novo cartão de crédito, limite de cheque especial, empréstimos, financiamentos, crediários e, em alguns casos, para abertura de conta bancária.

Como funciona a análise de crédito?

Vale dizer que a análise de crédito não tem como fornecer uma conclusão 100% certeira. Obviamente, no fim das contas a responsabilidade é do cliente em cumprir o combinado que fez com determinada empresa.

Porém, é uma forma bastante eficiente e prudente de conceder crédito para perfis mais responsáveis.

Existem financeiras que fazem, por exemplo, empréstimos e afins sem considerar essa etapa. Nessas alternativas, os juros costumam ser bem mais altos, para o caso de lidar com uma possível desistência do pagamento da dívida.

Todo o processo começa com a solicitação de alguns dados pessoais, como CPF, telefone, estado civil, profissão, renda mensal, endereço e afins. A partir daí, analisam alguns critérios, como:

Restrição no nome

A forma principal que a análise de crédito usa para avaliar a capacidade de pagamento de um cliente é o seu histórico de dívidas. Ou seja, consultar as possíveis restrições que possam constar no nome de um solicitante.

Isso porque partimos do pressuposto de que, no caso de clientes que já tenham dívidas em aberto, o pagamento pode não ser realizado de uma maneira ideal.

Logo, para esse tipo de perfil, o risco de inadimplência é alto. Diferente do que se espera de um cliente que tenha uma saúde financeira mais estável.

Cadastro Positivo

Ao contrário da consulta de restrições, o Cadastro Positivo é um banco de dados que reúne informações sobre bons pagadores.

Assim, é possível dizer que um dos melhores indicativos para favorecer uma análise de crédito é um bom histórico de pagamento.

Verificando que o cliente possui uma boa avaliação no Cadastro Positivo, a financeira consegue fornecer melhores condições de pagamento, incluindo taxas mais baixas de juros.

Além disso, no caso de pessoas que não possuem emprego formal, é uma forma de garantia mediante pedidos de crédito.

Garantia

No caso de empréstimos que exigem garantias, a análise de crédito se estende aos bens também. Pode ser um imóvel, um automóvel, um celular ou qualquer bem que o banco esteja disposto a negociar.

Assim, os bens passam por uma vistoria e a financeira pode reduzir as taxas de juros e fornecer condições mais favoráveis ao cliente.

Renda

Quando a análise de crédito solicita uma comprovação de renda, o cliente deve utilizar alguns meios para provar ao banco sobre os seus recebimentos.

Logo, a partir desse critério, a financeira analisa se pode ou não conceder crédito. Para uma boa gestão de recursos, recomenda-se que uma operação não ultrapasse cerca de 30% da renda mensal do cliente.

Com isso, caso a solicitação ultrapasse muito esse valor, o banco tende a concluir, por meio da análise de crédito, que talvez não seja prudente concedê-lo àquele cliente.

Quanto tempo demora a análise de crédito?

Para responder essa pergunta, precisamos dizer, em princípio, que cada instituição possui uma forma de fazer a análise de crédito. Dessa maneira, cabe informar que o resultado pode sair tanto na hora, quanto demorar alguns dias.

Também pode acontecer da financeira não liberar as condições totais solicitadas pelo cliente, mas ainda assim fornecer uma alternativa que caiba nas condições analisadas.

Agora que você já sabe como funciona a análise de crédito, já entende como manter um perfil favorável. Por fim, entenda: ser um bom pagador, tanto em termos de quitação de dívidas e de evitar atrasos, é a maneira correta de conseguir uma aprovação.

 

Fonte: Financeone 22/06/2022